Wanderléa | Site Oficial Wanderléa | Site Oficial
Menu

Discografia

Wanderléa Box Anos 70

Wanderléa desbundou nos anos 70, década em que se beneficiou das liberdades tropicalistas e rompeu com a imagem da Ternurinha, construída e alimentada durante a ascensão, o apogeu e a queda da Jovem Guarda. Os cinco álbuns da cantora embalados na caixa Wanderléa Anos 70 – ora lançada pelo selo Discobertas para festejar os 50 anos de carreira fonográfica da artista – retratam o começo e o fim desse desbunde de Wanderléa. O pontapé inicial na virada estética foi dado com a gravação do compacto que trazia o frevo Chuva, Suor e Cerveja (Caetano Veloso), não por acaso incluído entre os 17 fonogramas reunidos na coletânea Raridades (Anos 70), exclusividade do box produzido pelo pesquisador Marcelo Fróes. O compacto marcou a entrada de Wanderléa na gravadora Philips e preparou o terreno para a gravação de …Maravilhosa (1972), álbum de estúdio inspirado em show que bombou no circuito mais antenado do eixo Rio-São Paulo. Puxado pela música Quero Ser Locomotiva, composição da lavra do então pouco badalado Jorge Mautner, …Maravilhosa é disco impregnado de alegria, de atitude e da vibe do samba-rock da primeira metade dos anos 70. Entre temas de Assis Valente (1911 – 1958) e Gilberto Gil, Uva de Caminhão e Back in Bahia, Wanderléa deu voz a duas músicas de Hyldon, Vida Maneira e Deixa, três anos antes de o Brasil se render ao soul romântico do compositor baiano Na sequência, Feito Gente (1975) – álbum gravado ao vivo em outro show concebido fora dos padrões musicais vigentes na época – manteve a atmosfera underground de …Maravilhosa e conectou Wanderléa a compositores da MPB como Joyce (Carne, Osso e Coração), Gonzaguinha (1945 – 1991) – autor de Eu Nem Ligo e Palavras – e Sueli Costa (Lua e Verdes Varandas). Jorge Mautner reaparecia com Ginga da Mandinga, tema composto em parceria com Rodolpho Grani Jr. que reiterou que, sim, Wanderléa caía no suingue com naturalidade. E foi assim, ainda parada na contramão, que a cantora migrou para a gravadora Odeon e gravou arrojado disco arranjado por Egberto Gismonti, Vamos Que Eu Já Vou, único título da caixa que já havia sido reeditado em CD pela EMI Music. Amigos de fé desde os tempos da Jovem Guarda, Roberto Carlos e Erasmo Carlos contribuíram com A Terceira Força, música que se destacou em repertório dominado por temas de Gismonti (Café, Calypso, Carmo e Educação Sentimental, os três últimos compostos por Gismonti com Geraldo Carneiro). Gismonti seria co-autor e convidado da música que batizaria o álbum seguinte de Wanderléa, Mais que a Paixão (1978), menos inventivo do que seu antecessor, mas ainda assim marcado por bom (e até hoje desconhecido) repertório de compositores da MPB. Ainda em processo de consolidação de sua obra autoral, Djavan assinava O Canto da Lira, em cuja gravação tocava violão. Os irmãos camaradas Roberto Carlos e Erasmo Carlos forneciam Antes que o Mundo Acabe enquanto uma ainda desconhecida Fátima Guedes era a autora de Bicho Medo. Já Gonzaguinha marcava sua habitual presença com Lindo e Guerreiro São João. Mas foram-se os anos 70 e, com eles, a face mais desbundada da discografia de Wanderléa. O moderado resultado comercial destes discos desafiadores levou Wanderléa de volta à gravadora CBS – de onde a cantora havia saído em 1971 justamente para poder alçar voos artísticos com liberdade estética – para fazer álbum, Wanderléa (1981), de menor ambição artística. Sintomaticamente foi este disco – produzido por Mauro Motta com arranjos de Lincoln Olivetti e os teclados que começavam a pasteurizar a música brasileira – que rendeu à cantora seu primeiro grande sucesso após a Jovem Guarda, Na Hora da Raiva, balada machista dos fiéis escudeiros Roberto Carlos e Erasmo Carlos. Wanderléa voltava a pisar no terreno popular romântico que lhe dera fama nas jovens tardes de domingo. Mas aí já era outra década, e não os anos 70 que testemunharam a inquietude de uma cantora que provou que podia ser mais do que a Ternurinha na maior parte dos CDs da caixa Wanderléa Anos 70.
Por Mauro Ferreira